Quanto mais se aprende, mais se sabe. Quanto mais se sabe, mais se esquece. Quanto mais se esquece, menos se sabe. Então, para quê aprender?

28
Mai 09

 

De vozeirão cheio e um sotaque arrastado das praias com mais bês que vês, Cassimandes exibe aquilo que hoje em dia quase todos os aprendizes de vida manifestam: só têm direitos e nada de deveres. E assim é e assim será, pois os altos vencem os baixos e os pequenos ganham aos grandes. (E tu, que sabes que nada sabes, não levantes cabelo por baixo do hábito que já veio ordem superior)
 
A mãe de Cassimandes, senhora roliça e de voz cheia como o filho, entra quase sempre de rompante, atira umas aleivosias gordas que já transmitiu ao rapaz e oferece porrada a tudo e todos. Ninguém faz pouco do seu anjinho, embora depois de ouvir a longa série de queixas também seja mulher para puxar de umas galhetas e dar-lhas ali mesmo à frente de quem estiver.
Já por aqui tinha passado, em tempos, mais um discípulo desta família. Alma boa e gentil também, que arreava nos outros e injustamente era mandado sair das salas. (Tinha até uma alcunha referente à proliferação dos legumes, mas isso não vem ao caso.)
 Há tendência para aumentar a prole quanto mais problemáticos são os descendentes, vou chegando a essa concusão. (E há por aqui  famílias a multiplicarem-se como os coelhos, mas isso também não vem ao caso. )
Cassimandes também faz parte da geração dos “eu não fiz nada de mal” e dos “injustiçados”: são sempre os outros os culpados, os que começam, os que provocam e trazem complicações, porque ele, Cassimandes, é um rebentinho sossegado, doce e incompreendido. (Isso são os pareceres, colados em despacho, por outros serviços, mas também não vem ao caso.)
 
Nada melhor que uma passagem sacra para encerrar o dia:
”Aparte-se da injustiça todo aquele que professa o nome de Cassimandes”.
 
publicado por Soror AlCuMofadado às 00:31

Ai e eu que ando tão raladinha para pôr as mãos num desses assim!
Ai deus me guarde e me guie no bom caminho que eu já não respondo por mim!
Santa Eulália a 28 de Maio de 2009 às 20:10

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
29

31


arquivos
2009

2008

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO