Quanto mais se aprende, mais se sabe. Quanto mais se sabe, mais se esquece. Quanto mais se esquece, menos se sabe. Então, para quê aprender?

09
Jun 08

 

__ Venha dos céus uma bênção, que os altíssimos não brinquem aos dados e um manto infinito de pachorra nos cubra a todos, Madre. Claro que sabeis das últimas. Vislumbro uma nota de incredulidade fazendo vinco na vossa testa? Ora, ora, haveis dado ordens para que assim fosse: que em interminável indulgência se tolerem os pecadilhos dos inocentes. Quão enorme e complacente se tornou o vosso coração, Madre, quando os números contam e as prioridades são as vossas. Já haveis experimentado passar umas horas com as nossas tenras alminhas? Por falar em tal, dir-vos-ei que cada dia que passa são mais meigas. No outro dia, não vos fazei de novas e assumi antes de os jornais e os vídeos de telemóvel mostrarem tal, um dos nossos tenrinhos cascou numa das nossas prestadoras de serviços. Resultado, Madre? Dois exemplares dias a arejar fora do nosso mosteiro, o que dará imenso tempo para reflectir sobre o carinhoso gesto. Caso inédito para vossos castos ouvidos? Não pasmeis, Madre, que um dia destes teremos de ter uma formaçãozita em Judo, Kung Fu, Bu-Shi-Do, Wu Shu, Boxe, Tae-Kwon-Do e outras de nos porem os olhos ainda mais em bico. Fazei por começarmos já estas acções nas férias ou para o ano recearemos pelas nossas costelas, Madre.
__  Como estás tu, minha filha?
__ Olhe, Madre, cá vamos com a cabeça entre as orelhas…
publicado por Soror AlCuMofadado às 09:53

Irmã,

Que eu saiba, dois dias com suspensão formal, não aquece nem arrefece os tenrinhos, porque as faltas estão justificadas!...

Seria mais proveitoso, impedirem-nos de entrar nos claustros do convento, (falta não justificada), e criar uma comissão de “acompanhamento” enxertada em corno de cabra, para lhes ficar eternamente de emenda.

Façam como naqueles espaços barulhentos onde se abana o esqueleto até altas horas da manhã. Coloquem uns “seguranças” à porta, outros tantos em triplo a vaguear pelos corredores, impondo a ordem, que a das Carmelitas pelos vistos, já não é respeitada.

Arma de Arremesso

Arma de Arremesso a 9 de Junho de 2008 às 12:06

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
26
28

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2009

2008

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO